News

Como ajudar seu filho a estudar em casa com autonomia

Queridos Pais e responsáveis, os tempos mudaram, mas certas coisas não mudam,
as aflições de muitos que chegam até nós se resumem na dificuldade em orientar seu filho(a) para autonomia na prática de seus estudos. Esse tema é recorrente em toda escola e achamos importante estarmos juntos de vocês nesta situação. Estas orientações poderão ajuda-los com as crianças e adolescentes. Boa leitura!

“Estimular e participar a busca por conhecimento dos filhos é uma das principais responsabilidades de mães/pais/responsáveis. Só que a tarefa pode não ser tão fácil assim. Sem a didática de profissionais da educação e, muitas vezes, com pouco tempo para se dedicar à orientação dos herdeiros, o tiro pode sair pela culatra. Em vez de incentivo, certos comportamentos podem gerar no estudante rejeição aos estudos. Paciência, rotina, muita conversa, cobrança equilibrada e envolvimento com a instituição de ensino e professores são as atitudes necessárias para ajudar o rebento a desenvolver a paixão pelo
ato de aprender.” (Isabela Giannetti – Psicopedagoga)

DICAS ÚTEIS

1. Estabeleça horários
A rotina afeta positivamente a vida do estudante e de toda a família por dois principais motivos: comportamento e saúde.

2. Monte uma rotina de estudos das crianças
Quando existe o compromisso do estudar todos os dias de maneira correta, equilibrando as disciplinas conforme a demanda e dificuldades específicas, ela se sente mais segura durante momentos avaliativos, como provas, testes orais, etc.

3. Cuide do ambiente de estudos
É também importante atentar-se para o ambiente de estudos, que deve ser sempre o mesmo, além de não conter elementos que possam distrair o estudante, como cama, televisão, celular, etc.

4. Recompense bons comportamentos
Claro que sabemos que não há melhor recompensa que vermos que nossos esforços não foram em vão. Para o estudante, receber bons feedbacks de professores e bons resultados nas avaliações são fatores bastante motivadores.

5. Invista em técnicas diversificadas de estudo
É importante que o estudante aprenda de maneiras diversas e de forma lúdica, caso dos pequenos, para que o ensino seja consolidado mais facilmente.
Por isso, estimule no estudante o hábito da leitura, estude com ele através de vídeos e animações, ajude-a a colocar em prática pequenos projetos relacionados aos conteúdos aprendidos, estimule-o a escrever, resolver exercícios, assistir filmes educativos, brincar com jogos recomendados pela
escola etc.

6. Procure ser um mediador da aprendizagem
Por fim e não menos importante, evite ser o principal responsável pela educação de seu filho e ajude-o a buscar AUTONOMIA como estudante. Para isso, algumas dicas são válidas, como:
• encontre o equilíbrio entre estar presente para apoiar e estar presente de forma excessiva;
• faça-o pensar e não dê respostas prontas;
• deixe-o responsável por saber as atividades que devem ser realizadas diariamente, bem como datas importantes (como trabalhos, provas e outros).

Fontes: Revista Educar

Leave a comment